sábado, 6 de fevereiro de 2010

Música - HIM - 2010 Screamworks Love in Theory and Practice (conheça antes do lançamento)

Por Jack Fey

Há três dias atrás vazou o novo disco da banda finlandesa HIM. O disco intitlado Screamworks Love in theory and Pratice, foi atentamente analisado por mim, que sou fã incondicional da banda. Não obstante, seu lançamento será no próximo dia 18 de Fevereiro. Pra quem gosta, porque não fazermos um faixa a faixa do álbum? Então vamos lá, tenham uma opinião antes de comprar!
Faixas:
01. In Venere Veritas
02. Scared to Death
03. Heartkiller
04. Dying Song
05. Disarm Me (With Your Loneliness)
06. Love, the Hardest Way
07. Katherine Wheel
08. In the Arms of Rain
09. Ode to Solitude
10. Shatter Me with Hope
11. Acoustic Funeral (for Love in Limbo)
12. Like St. Valentine
13. The Foreboding Sense of Impending Happiness

01. In Venere Veritas

Sem perder o jeito HIM de ser, começa o disco com esta música, alternando partes cadenciadas com batidas fortes e teclado destacado. Bela canção com backing vocals sensacionais! Ville Vallo cantou perfeitamente esta faixa.

02. Scared To Death

Que tal em vez de falarmos dessa faixa, vermos um vídeo?



03. Heartkiller


Excelente música! Primeiro single da banda. Então, sem comentários. Fiquem com o clipe oficial! este já fora disponibilizado aqui ha um tempo atras, por mim mesmo.



04.Dying Song

A canção que se destacou pra mim dentre as várias. Aproxima-se de uma balada. Mas não se engane. É uma música com vocais maravilhosos e uma boa abordagem do teclado. Confesso que acredito ser esse o disco do HIM que mais explora os atributos do teclado. Isso pode agradar a uns e não a outros. Esta faixa tem uma levada de guitarra exuberante. Alterna entre riffs pesados e levadinhas de baladas.

05. Disarme me (With your Loneliness)


Como o próprio nome sugere, esta é a faixa que mais se aproxima de uma balada. Vocais bem explorados, Riffs armoniosos, e uma sintonia entre os instrumentos maravilhosa. Quem conhece HIM sabe, Ville Vallo sempre é sensacional.

06. Love, The Hardest Way

A música é acompanhada por uma guitarra "um pouco enfurecida". Os vocais não são muito graves e muito menos agressivos. Bateria forte e teclado constante. Maravilhosa faixa.

07. Katherine Wheel


Uma faixa que não foge aos padrões da banda. Me lçembra, não sei bem o motivo, Vampire Heart, mas claro que prefiro a musica do disco Dark Light que esta. Porém ela não eh ruim, muito pelo contrário. Vocais carregados de emoções e uma beleza sem igual.

08. In The Arms Of Rain


Adorei o título da música. Achei-o bem sugestivo. Na mesma levada de Dying Song, esta música segue. Alguns efeitos ao fundo, adicionam uma dinâmica diferente dos padrões. Uma guitarra gritante e um Ville com muita vontade de cantar.

09. Ode To Solitude

A melhor introdução do disco. Uma guitarra dinâmica e um vocal cadenciado que subtamente aumenta de oitava dando origem a um belo e majestoso refrão. Os riffs desta música são lindos. E o nome da mú7sica foi de meu agrado! Faixa maravilhosa.

10. Shatter Me With Hope

Outra introdução maravilhosa e dinâmica. Aliás, o disco ficou bastante dinâmico, mas sem fugir das propostas da banda. É sim um disco inovador, mas dentro do repertório HIM. Guitarra bem trabalhada e teclado bem nítido.

11. Acoustic Funeral (for Love in Limbo)

teclados na introdução, mas não é uma acústica "de fato". Há todo o suporte de guitarras acústicas mas as elétricas estão presentes durante toda a música. uma outra opção para aqueles que gostam de músicas com conceitos entre balada e música "enfurecida". Há uma parte em que existe um pequeno solo. é maravilhoso! termina bem cadenciada.

12. Like St. Valentine


Uma introdução brilhante. Diria "abafada", mas brilhante. Guitarra enfurecida, uma bateria constante e Ville fazendo alguns falsetes. Bela faixa.

13. The Foreboding Sense of Impending Happiness

Introdução com muitos efeitos eletrônicos. Ville começa cantando calmamente. Apenas na metade de um terço da música ela eleva o tom, mas no final, volta a cadenciar. Uma linda faixa, bem próxima das baladas.


No geral, o disco é bem a cara do HIM, mas com algumas peculiaridades e novidades. Uma renovação diria, porém positiva. Como fã da banda, gostei do disco, mas ainda assim, prefiro trabalhos anteriores, como Greatest Love Songs Vol. 666 e Dark Light.

Assim disse Jack Fey...

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

F-1 News: Petrov desafia falta de tradição e vira celebridade na Rússia

Salut amis!
O mais novo piloto da Renault é um Russo de 25 anos. O companheiro de Kubica nessa temporada de 2010 parece que não leva em conta a falta de tradição de que seu país de origem tem em relação à F-1.
Confira a reportagem do Estadão abaixo:

Quem é:



Vitaly Petrov, 25 anos



É um piloto recém-chegado à Fórmula 1, que nasceu em Vyborg, Rússia, em 8 de setembro de 1984. Em 2001, estreou na Copa Lada, competição interna. Em 2003, foi para a Fórmula Renault Italiana. Seu auge ocorreu na GP2, para onde foi em 2007 e, no ano passado, acabou como vice-campeão.


Fossem outros os tempos, "os bons tempos", como diriam os comunistas mais radicais, a sorte de Vitaly Petrov, russo, de 25 anos, estava selada. Para um desertor só há uma saída: a pena capital. Petrov é agora piloto de Fórmula 1. Até já treinou em Valência, quarta-feira, por sua equipe, a Renault. E nada é mais representativo para expressar o capitalismo, tão execrado na pátria de Petrov até há duas décadas, senão o conceito básico da Fórmula 1: quem tem dinheiro se estabelece; quem não tem vai andar de Lada, o espartano carro russo.


"Felizmente o mundo mudou, está bem melhor agora", diz o sempre sorridente "primeiro piloto russo na Fórmula 1", vice campeão da GP2, a ante-sala da Fórmula 1. Repetiu algumas vezes nessa conversa exclusiva com o Estado ser, agora, "um piloto de Fórmula 1, o primeiro da Rússia". Não por acaso, foi acelerando o Lada do pai em que Petrov, em Vyburg, na Rússia, demonstrou habilidade e, depois, interesse pela carreira de piloto de corrida. "Não havia outra opção, no meu país não há kartódromos, autódromos. Espero que agora, depois de ter um piloto na Fórmula 1, comecem a trabalhar para desenvolvermos o esporte a motor", afirma Petrov. Mais: "Tenho certeza de que agora a Rússia fará parte do calendário da Fórmula 1." Bernie Ecclestone, promotor do Mundial, há muito deseja levar o evento para lá.


É um contrassenso: a Rússia teve durante décadas tecnologia para enfrentar os norte-americanos, e em algumas áreas os superava, como na capacidade dos submarinos atômicos, tão letais, de navegar em águas profundas. Mas não tem automobilismo interno até hoje, após o fim do comunismo. "O problema é de falta de interesse", explica Petrov. Mas agora que se tornou piloto de F-1 poderá servir de estímulo e exemplo na sua pátria, lembra.


A notícia ganhou tamanha dimensão na Rússia que "o primeiro piloto russo na F-1" terá uma audiência com o primeiro ministro Vladimir Putin, emérito judoca, antes mesmo de estrear na competição. "Eu o verei, sim", confirma Petrov, já merecedor do tratamento de celebridade. O simpático piloto ri. "Existe uma expectativa enorme na Rússia, agora, por eu ser um piloto de Fórmula 1. Se bem que em minha cidade o carinho dos torcedores com o vice na GP2 já foi grande." Boa parte dos 120 milhões de russos vão assistir às transmissões da Fórmula 1 pela TV agora.


O número de jornalistas presentes no circuito Ricardo Tormo, quarta-feira, para cobrir o primeiro treino de Petrov na Renault chamou a atenção. Até as redes de TV não-credenciadas foram a Valência e se mantiveram do lado de fora do autódromo para entrevistar Petrov. Solícito, atendeu todos. E depois requisitaram licença à assessoria da Renault para gravar imagens do "primeiro piloto russo da Fórmula 1" na cidade espanhola. Por um motivo simples: "Eu moro aqui", conta Petrov.


Em inglês e até nos ensaios de espanhol que realizou, Petrov fez sempre questão de desmentir a informação que circulou como verdadeira: "Não há investimento do governo russo na minha contratação pela Renault. Alguém viu patrocinador russo no carro? E estou, sim, atrás de patrocinadores, se vocês souberem de alguém?"


E afirma algo surpreendente: "Meu pai fez um grande empréstimo bancário para eu poder correr." Comentava-se em Valência que Petrov levará à equipe, até o fim da temporada, 10 milhões. Assunto proibido, claro, na conversa. "Não sou o primeiro caso. O inglês Justin Wilson fez o mesmo." Wilson é piloto da Fórmula Indy há anos, pagou o empréstimo e até conseguiu acumular seu capital. O Estado lembra a Petrov que Niki Lauda, em 1971, fez da mesma forma empréstimo para custear a carreira. Viria a conquistar três títulos mundiais na F-1. "Tomara eu consiga o meu." Se depender de dedicação, Petrov já pode se considerar um vencedor. "Aqui até meu celular fica desligado. Se eu não colocar 100% da minha energia para aprender, não farei um grande trabalho."


O QUE ELE DISSE


Vitaly Petrov - piloto da Renault


"Não havia outra opção, no meu país não há kartódromos, autódromos. Espero que agora, depois de ter um piloto na Fórmula 1, comecem a trabalhar para desenvolvermos o esporte a motor"


"Tenho certeza de que a partir de agora a Rússia fará parte do calendário da Fórmula 1"


"Existe uma expectativa enorme na Rússia, agora, por eu ser um piloto de Fórmula 1. Se bem que em minha cidade (Vyborg) o carinho dos torcedores com o vice na GP2 já foi grande"


"Meu pai fez um grande empréstimo bancário para eu poder correr"

--> É Petrov poderia ser ídolo de toda Rússia. Quem sabe a Renault não está melhor que no ano passado um pouco mais para que ele tenha um destaque ou outro durante a temporada? Se bem que com Kubica como companheiro... Sorte à Petrov! ^^
Au revoir!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Dica: Heavy Metal e velocidade \m/

Salut!
Já falei algumas vezes desse blog, mas volto a falar por uma razão especial. A Manu, que escreve no blog I Love It Loud esteve num dos show da banda Metallica no Brasil. A mesma postou na terça-feira última como foi o show do dia 30/01 em São Paulo, em termos de emoções (confira nesse link).
Ontem reportou algo a respeito do vocalista James Hetfield, que compareceu no Autódromo de Interlagos no domingo, dia 31, para dar uma voltinha básica a bordo de um Porsche 911 GT3 Cup.

Para conferir essa reportagem cliquem aqui.
Au revoir!

Notícias da F-1: Correndo contra o tempo...

Salut amis!
Como fiquei alguns dias fora tentarei salientar vcs das "novidades" que não pude postar aqui.
A primeira é a respeito da apresentação do VR-01, o carro da equipe Virgin.
De acordo com o site Grande Prêmio segue essa reportagem:

Após 100 minutos de atraso — quase duas horas — finalmente a Virgin divulgou uma foto do VR-01, seu carro para a temporada 2010, nas cores vermelha e preta. Atrás, estão os pilotos titulares Lucas Di Grassi e Timo Glock. À frente, o piloto de testes Luiz Razia.
O carro foi feito todo digitalmente, sem o auxílio de testes em túneis de vento — apenas com Dinâmica de Fluido Computacional, o CFD. O lançamento estava marcado para as 8h de Brasília, via internet. Na hora marcada, entretanto, o site da equipe exibia a mesma primeira página de sempre, com as fotografias de Glock e Di Grassi.
Nick Wirth, projetista do carro, pregou cautela em relação às expectativas sobre o rendimento da equipe neste ano. "Somos uma equipe séria com ambições sérias, por isso não vamos tentar correr antes que nós possamos caminhar", falou. "Estou bem ciente do que é necessário para ser bem sucedido neste esporte", emendou.
Wirth justificou a escolha por um projeto 100% digital, sem o túnel de vento. E a principal razão é financeira. "Estamos competindo em um esporte que está passando por mudanças significativas, ficando cara a cara com hoje com a dura realidade econômica da atualidade. Sob limitação de recursos, a convenção passará a ser muito caro e necessidade realmente será a mãe da invenção", declarou.
"Eu tenho absoluta convicção no projeto digital e a oportunidade de testar a abordagem completa em CFD no mais alto nível para demonstrar que esse pode ser o caminho para o futuro da F1 - é muito, muito empolgante", continuou.
Para Nick, não adianta ter grandes ambições: é hora de ter calma e trabalhar muito. "O ponto de partida é tentar correr de forma rentável, segura e eficiente e ser a melhor das novas equipes. Então, vamos começar a trazer performance para o carro através de um contínuo programa de desenvolvimento através de simulação por computador."

As fotos abaixo são, uma com os pilotos titulares Timo Glock e Luca Di Grassi, e o piloto de testes Luiz Razia, mais duas fotos do carro VR-01:




Outra equipe também que deu o ar da graça e aprensentou o carro, alguns dias antes foi a Reanult (a estréia foi no domingo, dia 31 de janeiro), com uma combinação preto com amarelo do R30 que ficou muito legal. Além disso apresentou seus pilotos titulares: Robert Kubica e o russo Vitaly Petrov. Confirem as fotos:

 


Os oficiais mais os reservas. Da esquerda para direita: Jerome d'Ambrosio (Belga), Robert Kubica (Polonês), Vitaly Petrov (Russo), Ho-Pin Tung (Chinês)





Um vídeo do R30:



No mesmo dia 31 a BMW Sauber lancou o C29 sem muita pompa e nem patricínios. Confirem a reportagem do Grande Prêmio:

A BMW Sauber aproveitou os preparativos para o início da pré-temporada da F1 para apresentar neste domingo (31) no circuito de Ricardo Tormo, em Valência, o modelo C29, com o qual o time suíço vai disputar o Mundial deste ano. A cerimônia simples contou com a presença do chefe da equipe, Peter Sauber, além dos pilotos Pedro de la Rosa e Kamui Kobayashi.
O carro, como antecipado horas atrás pelo Grande Prêmio, será equipado com câmbio e motores Ferrari. A equipe apresentou o mesmo layout de pintura usado pela BMW no ano passado, mas nas cores branco e preto, com detalhes em vermelho. Foi possível notar também a presença de apenas um patrocinador, a fabricante suíça de relógios Certina.
Quanto ao desenho, o modelo apresenta a bigorna que vem sendo usada nos últimos anos, mas chamou atenção mesmo pela altura do bico, praticamente no mesmo nível das rodas dianteiras.
“Os últimos meses foram muito intensos para nós. Primeiro, precisamos batalhar para assegurar a sobrevivência da equipe e, depois, nos preocupamos em arranjar um pacote competitivo para o futuro", disse Peter Sauber na apresentação. "A preparação técnica para 2010 continuou sem interrupções, mesmo com todos os tumultos", destacou o dirigente.
"Nós também temos uma longa tradição de misturar pilotos jovens e experientes, e sempre fomos bem-sucedidos", continuou Sauber, referindo-se ao duo formado por De la Rosa e Kobayashi. "Pedro trabalhou no mais alto nível técnico por muitos anos em uma equipe de ponta, e podemos nos beneficiar disso. Já Kamui tem muito a oferecer e, no ano passado, ele me impressionou muito em Abu Dhabi."
O diretor-técnico da escuderia suíça, Willy Rampf, falou sobre as mudanças no layout do novo carro. "O desenvolvimento do C29 foi construído em cima da experiência adquirida no ano passado. No entanto, o novo regulamento - que proíbe o reabastecimento durante a corrida e que estabelece uma largura reduzida para os pneus dianteiros - exigiu mudanças significativas no design do carro", concluiu.

Algumas fotos (o carro visivelmente sem sal, sem açúcar...):



Os pilotos Pedro De La Rosa e Kamui Kobayashi

A Mercedes GP e a Williams, apresentaram seus carros, os respectivos W01 e FW32 nas pistas. A Mercedes apresentou no dia primeiro, como diz nessa reportagem do Grande Prêmio:

Sem grande alarde, a Mercedes mostrou o seu W01 ainda no pit-lane do autódromo de Valência no começo da manhã desta segunda-feira (1º), primeiro dia de treinos coletivos da pré-temporada da F1. A montadora alemã já havia apresentado as cores do novo carro em cerimônia na semana passada em Stuttgart, mas esperou até o início dos testes para revelar o modelo prateado que usado por Michael Schumacher, em seu retorno às pistas, e por Nico Rosberg.
O que chama a atenção no modelo, que tem predominância do prateado e com linhas verdes nas laterais por conta do patrocínio da Petronas, é o bico em formato em V, em uma versão mais radical do RB5, o carro da Red Bull. O W01, seguindo a tendência dos novos modelos, também apresenta a tampa do motor mais alongada.

As fotos do W01:





Nico Rosberg apareceu de capacete novo:


E então a Willians com seu FW32. O carro tem um bico bem alto, algo que possa estar ligado ao ar para o difusor, mas para isso eu precisaria de um especialista para dizer (risos!). Um aerofólio traseiro quadrado e talvez diferente dos demais. Confesso que nunca prestei tanta atenção nisso.
Vamos às fotos:




Por fim, o MP4-25, o carro da McLaren. Desse carro há bastante especificações que pude encontrar no site do Grande Prêmio (poderia ter em todos mas...):

CHASSI:
Moldado em fibra de carbono, com estruturas de impacto lateral e frontal.
Câmbio longitudinal, semi-automático e sequencial.
Número de marchas: sete mais a ré.
Suspensão com barra de torção e sistema de amortecimento operados por pushrod com arranjo em duplo-A.
Amortecedores Koni.
McLaren Electronic Systems no controle da incorporação eletrônica para chassis, motor e aquisição de dados. Também fornece o painel eletrônico, o controle de tensão do alternador, os sensores, a análise de dados e os sistemas de telemetria.
Rádio Kenwood.
Rodas Enkei.
Discos de freio Akebono.

MOTOR:
Mercedes-Benz FO 108X.
Capacidade de 2,4 litros.
Número de cilindros: oito.
RPM máximo de 18 mil.
Bloco de cilindros de alumínio em V no ângulo de 90°C.
Largura do pistão: 98 mm.
Número de válvulas: 32.
Peso abaixo de 95 kg.
Lubrificante Mobil.
Gasolina ExxonMobil High Performance com 5,75% de biocombustível.

As fotos do evento da McLaren segue abaixo. (As fotos de Jenson e Lewis é aquela mesma festinha de toda vez que a McLaren não muda, um tirando foto do outros, sorrindo para câmera, como se fossem grandes amigos. "McLadra" já não me engana mais. Tenho é pena de Jenson caindo nessa. Espero mesmo que eu esteja bem enganada quanto à isso. Anyways... ):

 

 

 
O número 1 - o carro de Jenson





Volto com boas coisas muito em breve. Peço paciência, pois tenho que repor aos poucos tudo que no fim de semana anterior foi deixado de lado devido minha ausência. Fiquem tranquilos que não os deixarei na mão! ^^
Au revoir!

Notícia: Falando de Oscar® 2010, falamos também de Framboesa de Ouro 2010! ^^

Salut!
Falei de Oscar® 2010 no post anterior... Mas como falar de Oscar® sem falar de Framboesa de Ouro?
Para quem não sabe, o Framboesa de Ouro é um prêmio paródia aos não melhores e sim piores filmes do ano!
Confiram a reportagem que extraí do O Globo contando sobre os filmes piegas que concorrem em 2010 à prêmio:


''Transformers: A vingança dos derrotados'' arrecadou uma fortuna. ''A terra perdida'' foi um fracasso, tendo chegado ao Brasil direto em DVD. Os dois filmes são igualmente líderes em indicações ao tradicional prêmio Framboesa de Ouro, dado aos piores do cinema em 2009. Cada um teve sete indicações, incluindo de pior filme.
À principal categoria da premiação também concorrem a comédia romântica "Maluca paixão" ("All about Steve"), com Sandra Bullock; o filme de ação "G.I. Joe: A origem de Cobra''; e a comédia com Robin Williams e John Travolta "Supresa em dobro" ("Old dogs").
Queridinha da temporada de premiações, Bullock concorre também à Framboesa de Ouro de pior atriz por "Maluca paixão". Nesta terça, ela deve ganhar uma indicação ao Oscar pelo drama "Um sonho possível" ("The blind side").
- Ela pode ser a primeira pessoa a ganhar uma Framboesa e um Oscar no mesmo fim de semana - afirmou John Wilson, fundador da Framboesa de Ouro, que completa 30 anos apontando os pontos baixos de Hollywood. Os vencedores serão anunciados no dia 6 de março, véspera da entrega do Oscar.
Os jurados do prêmio também decidirão qual o pior filme da década. Os indicados são "A reconquista", com John Travolta; a comédia ''Fora de casa'', com Tom Green; o suspense "Contato de risco", com Ben Affleck e Jennifer Lopez; o thriller "Eu sei quem me matou", com Lindsay Lohan; e "Destino insólito", com Madonna.
Affleck e Travolta concorrem ao troféu de pior ator da década, ao lado de Eddie Murphy, Mike Myers e Rob Schneider. Lohan, Lopez e Madonna foram indicadas a pior atriz do período, junto com Mariah Carey e Paris Hilton.
Wilson contou que o título de pior atriz provavelmente ficará entre Hilton e Lohan, enquanto ''eu diria que Eddie Murphy seria um nome muito difícil de ser derrotado como pior ator da década''.
Entre os indicados ao Framboesa de Ouro de 2009 estão Miley Cyrus para pior atriz e seu pai, Billy Ray, como pior ator coadjuvante por ''Hannah Montana: O filme''.
Todos os três irmãos Jonas dividem uma indicação a pior ator por ''Jonas Brothers 3D: O show''. Os jurados do prêmio também incluíram "dois (ou mais)" irmãos Jonas na categoria de pior dupla do cinema.


Robert Pattinson foi indicado a pior ator coadjuvante por ''A saga Crepúsculo: Lua nova''. Sua companheira de cena Kristen Stewart concorre a melhor dupla ao lado com tanto com Pattinson como com Taylor Lautner, pelo mesmo "Lua nova".
O comediante Will Ferrell recebeu indicações de pior ator por "A terra perdida" e pior dupla ao lado de ''qualquer ator, criatura ou elemento cômic" no filme de ação inspirado na série de TV "O elo perdido". ''A terra perdida'' também foi indicada nas categorias de pior ator coadjuvante (Jorma Taccone), diretor (Brad Silberling), roteiro e pior sequência, adaptação ou refilmagem, uma categoria que incluiu ainda o segundo filme da série ''Transformers''.
Megan Fox foi duplamente indicada ao prêmio de pior atriz pelos filmes ''Transformers: A vingança dos derrotados" e "Garota infernal''. O protagonista Shia LaBeouf foi citado ao lado de Fox ou qualquer Transformer na categoria de pior dupla, enquanto o filme também recebeu indicações a pior atriz coadjuvante (Julie White), diretor (Michael Bay) e roteiro.
Na categoria de pior ator, além de Ferrell e os Jonas Brothers, concorrem ainda Steve Martin por ''A Pantera Cor-de-Rosa 2'', Eddie Murphy em ''Minha filha é um sonho", e Travolta em ''Surpresa em dobro''.
Para pior atriz, Bullock, Cyrus e Fox disputam com Beyoncé Knowles por ''Obsessiva'' e Sarah Jessica Parker por ''Cadê os Morgan?".

--> No mínimo, muito divertido! xD
Au revoir!

Oscar® 2010: A lista dos indicados

Salut!
A Academia de Cinema anunciou a lista de indicados a Oscar®  2010 nesse último dia 02 de fevereiro, como já é sabido de alguns. Teremos esse ano 10 indicados a melhor longa. Isso já não acontece faz tempo...

A divulgação dos concorrentes nas principais categorias foi feita ao vivo pela atriz Anne Hathaway, acompanhada pelo presidente da associação, Tom Sherak, direto de Beverly Hills.

Para quem ainda não viu a lista completa, disponibilizo aqui:

MELHOR FILME:

"Avatar"
"Um sonho possível"
"Distrito 9"
"Educação"
"Guerra ao terror"
"Bastardos inglórios"
"Preciosa"
"Um homem sério"
"Up – Altas aventuras"
"Amor sem escalas"

MELHOR DIRETOR:

James Cameron,  por “Avatar"
Kathryn Bigelow,  por “Guerra ao terror”
Quentin Tarantino,  por “Bastardos inglórios”
Lee Daniels,  por “Preciosa”
Jason Reitman,  por “Amor sem escalas”

MELHOR ATOR:
Jeff Bridges, em “Coração louco”
George Clooney, em “Amor sem escalas”
Colin Firth, em “A single man”
Morgan Freeman, em “Invictus”
Jeremy Renner, em “Guerra ao terror”

MELHOR ATOR COADJUVANTE:

Matt Damon, em “Invictus”
Woody Harrelson, em “The messenger”
Christopher Plummer, em “The last station”
Stanley Tucci,  em “Um olhar do paraíso”
Christoph Waltz, em “Bastardos inglórios”

MELHOR ATRIZ:
Sandra Bullock, em "Um sonho possível"
Helen Mirren, em “The last station”
Carey Mulligan, em “Educação”
Gabourey Sidibe, em “Preciosa”
Meryl Streep, em “Julie & Julia"
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:
Penélope Cruz, em “Nine”
Vera Farmiga, em “Amor sem escalas”
Maggie Gyllenhaal, em “Coração louco”
Anna Kendrick, em “Amor sem escalas”
Mo’Nique,  em “Preciosa”

MELHOR ANIMAÇÃO:
“Coraline”
“O fantástico Sr. Raposo”
“A princesa e o sapo”
“O segredo de Kells”
“Up – Altas aventuras”

MELHOR FILME ESTRANGEIRO:
“Ajami” (de Israel)
“El secreto de sus ojos” (Traduzido como: O segredo de seus olhos - da Argentina)
“The milk of sorrow” ( Traduzido como: A teta assutada - do Peru)
“Un prophète” (Traduzido como: O profeta - da França)
“A fita branca” (da Alemanha)

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE:

“Avatar”
“O mundo imaginário do Dr. Parnassus”
“Nine”
“Sherlock Holmes”
“The young Victoria”

MELHOR FOTOGRAFIA:
“Avatar”
“Harry Potter e o enigma do príncipe”
“Guerra ao terror”
“Bastardos inglórios”
“A fita branca”

MELHOR FIGURINO:
“Bright star” (Traduzido como: Brilho de uma paixão) 
“Coco antes de Chanel”
“O mundo imaginário do Dr. Parnassus”
“Nine”
“The young Victoria”(Traduzido como: A jovem Victoria)

MELHOR EDIÇÃO:
“Avatar”
“Distrito 9”
“Guerra ao terror”
“Bastardos inglórios”
“Preciosa”

MELHOR MAQUIAGEM:
“Il Divo”
“Star trek”
“The young Victoria” (Traduzido como: A jovem Victoria)

MELHOR TRILHA SONORA:
“Avatar”
“O fantástico Sr. Raposo”
“Guerra ao terror”
“Sherlock Holmes”
“Up – Altas aventuras”

MELHOR CANÇÃO:
“Almost there”,  de “A princesa e o sapo”
“Down in New Orleans”, de “A princesa e o sapo”
“Loin de Paname”, de “Paris 36”
“Take it all”,  de “Nine”
“The weary kind”,  de “Crazy heart”

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL:

“Guerra ao terror”
“Bastardos inglórios”
“The messenger”
“Um homem sério”
“Up – Altas aventuras”

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO:
“Distrito 9”
“Educação”
“In the loop”
“Preciosa”
“Amor sem escalas”

MELHORES EFEITOS VISUAIS: 

“Avatar”
“Distrito 9”
“Star trek”

MELHOR SOM:
“Avatar”
“Guerra ao terror”
“Bastardos inglórios”
“Star trek”
“Transformers: A vingança dos derrotados”

MELHOR EDIÇÃO DE SOM:

“Avatar”
“Guerra ao terror”
“Bastardos inglórios”
“Star trek”
“Up – Altas aventuras”

MELHOR DOCUMENTÁRIO:
“Burma VJ”
“The cove”
“Food, Inc.”
“The most dangerous man in America: Daniel Ellsberg and the Pentagon papers”
“Which way home”

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM:
“China’s unnatural disaster: The tears of Sichuan province”
“The last campaign of governor Booth Dardner”
“The last truck: Closing of a GM Plant”
“Music by Prudence”
“Rabbit à la Berlin”

MELHOR CURTA-METRAGEM:
“The door”
“Instead of Abracadabra”
“Kavi”
“Miracle fish”
“The new tenants”

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO:

“French roast”
“Granny O’Grimm’s Sleeping Beauty”
“The lady and reaper”
“Logorama”
“A matter of loaf and death”

"Avatar" e "Guerra ao terror" dividem o páreo pelo Oscar deste ano, com nove indicações cada um. "Bastardos inglórios", de Quentin Tarantino, vem em segundo lugar na disputa pelas estatuetas, concorrendo em oito categorias (uma a mais do que o cineasta havia conseguido em 1995, com "Pulp fiction"). "Preciosa" e "Amor sem escalas" foram indicados em seis categorias cada.
A Academia usou de um esquema diferente para apresentação do Oscar esse ano. Ano passado a cerimônia foi muito bem conduzida pelo afortunado ator Hugh Jackman. Esse ano, Jackman preferiu não repetir a apresentação pelo segundo ano seguido e a Academia não contando mais com seu carisma escolheu não só um, mas dois apresentadores: o já vetereno em Oscar, Steve Martin (essa será a terceira vez que o ator e comediante apresentará um Oscar) e Alec Baldwin, que está em alta graças ao seriado "30 Rock".


A 82ª edição do Oscar, o maior prêmio do cinema mundial, será realizada em 7 de março, no Teatro Kodak, em Hollywood.

Au revoir!

Notícia: Filho de Paul McCartney vai sair em turnê

Salut amis!


James McCartney, filho do ex-Beatle Paul McCartney, está seguindo o caminho da família e realizará a sua primeira turnê musical, inspirada em canções dos Beatles.
O multiinstrumentista de 32 anos se apresentou em outubro sob o pseudônimo Light, na tentativa de não usar o sobrenome para valorizar seu trabalho.
Filho de Paul com a primeira mulher, a fotógrafa Linda, James compôs suas próprias canções nos últimos 10 anos e disse que suas músicas falam de espiritualidade, amor e família. As duas irmãs dele também optarma por carreiras ligdas às artes: Stella é estilista e Mary, fotógrafa.
A história de sucesso do pai também teve influência no seu trabalho. "Eu me inspiro em The Beatles, Nirvana, The Cure, PJ Harvey, Radiohead e em toda música boa", disse o artista.
A turnê de James começa dia 25, em Liverpool, e termina em 20 de março, na cidade de Cardife, na Grã-Bretanha.

*Fonte: Revista Veja

--> Eu esperava mais ousadia de um filho de um Beatle em termos de influência musical. Concordo que de 10 músicos hoje 11 tem The Beatles como influência, e não seria diferente com o filho de um ex membro. Mas as demais citadas também não surpreendem em nada...
Sorte para ele. Quem sabe a música não ganha novo ídolo? Será que nesse caso: Filho de peixe, peixinho é? ^^
Au revoir!