segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Psicodélico - Distância Insignificante

Por Jack Fey

Distância, meus caros amigos, é algo ilusório. Precisei vivenciar isso na vida para ter certeza do que se tratava. Não é uma medida. Você pode estar a um metro de algu
ém e estar ao mesmo tempo centenas de quilômetros dela. Você pode estar a milhas de distância de uma pessoa, e poder sentí-la tocar sua mão.
É como eu sempre digo aqui, a vida é uma caixinha de surpresas. Você acorda em um dia ruim, mas vai dormir tranquilamente após algo especial acontecer. Não precisa ser um jantar a luz de velas, não é necessário buffets para servir você, não é necessário estar acompanhado. Basta simples palavras, simples gestos, simples símbolos.

Você pode estar rodeado de pessoas, porém estar sozinho. Você pode estar em meio a uma praça deserta, em plena madrugada, mas estar bem acompanhado. Aprenda que você pode romper a distância. Ela é insignificante.
Você não precisa saber o perfume preferido daquela pessoa, você não necessita saber seu nome completo. Mas se ela te é especial pelas palavras, você sente algo imenso aposs
ar-se de você.
Se me recordo bem, Clarice Lispector dizia que "Quem apaixona-se pela palavra escrita, apaixona-se também pela alma". Não me recordo a frase da maneira coreta, mas essa é a mensagem dela.
Mesmo que desconheça o timbre de uma voz, mesmo que não tenha dado aquele abraço naquela pessoa distante, mesmo que desconheça seu endereço e nem saiba sua história, o que a impede de ser especial para você?
Imagine a vida sabendo que desde que lera a primeira palavra de uma pessoa, você enxergou algo es
pecial. Tente pensar nisso com clareza. Para você parece impossível? Não meu caro (a), isso é possivel.
Mesmo longe ela enxuga suas lágrimas, apoia sua cabeça nos ombros dela, e você se sente aconchegante. Seu coração derrepente dispara, pois aquilo é surpreendente. Você está imóvel. Não sabe o que dizer, fazer, como lidar.
Mas nada é tão difícil que não se
possa entender. Pessoas especiais não se mostram assim, cara a cara, elas te tocam de longe, mas você sente como se estivessem ao seu lado. Você sente e o tempo para.
Mesmo se sentindo sozinho na chuva, derrepente tudo se aquece. Por simples palavras. Tais palavras possuem valor inestimável. Podem ser simples para quem as profere, porém são de imenso valor para quem as lê.
Você não precisa sangrar para se sentir vivo, você não precisa se machucar para sentir dor e ver sua vitalidade intacta. Você precisa apenas encontrar alguém especial, e se este alguém também lhe achar especial, aí você encontrou sua cura
.
Já dizia Nat King Cole, em sua música Unforgettable (consta na trilha sonora do filme Watchmen): "E é por isso, minha querida, que é incrível/ Que alguém tão inesquecível/ Pense que eu sou inesquecível também."
Meus caros, finalizo com um poema feito pelo meu amigo A.A.O.F. que retrata exatamente o tema ao qual me refiro. Pessoas distantes, nos fazem sentirmos muito bem acompanhados,
às vezes mais acompanhados, que as pessoas que nos rodeiam.


Distância Insignificante

Adão Alves de O. Fh.


Fora você que proferiu palavras a mim pela primeira vez

Suas palavras simples afundaram-se em meu peito

Eu não sabia nada sobre você

Mas pouco importa quando você é assim, tão especial


Dias tempestuosos em que cheguei molhado em casa

Você secou minhas roupas estando à quilômetros de distância

Você secou o humor líquido que saía de meus olhos

E com um simples coração me disse: “Está tudo bem”


Eu sabia que era algo especial, não sei como mas eu sabia

Eu desejei ir fundo no seu mundo

Quanto mais afundei, mais você me mostrou sua beleza interior


Quem não desejaria viver isto para sempre?

Quando seu simples coração e suas palavras confortáveis

Me deixam próximos de você, e eu mesmo distante, sinto o calor de seu abraço amável



Assim disse Jack Fey...

7 comentários:

Liz disse...

Gostei muito desse seu post, ele tem um pouco a ver com meus amigos distantes, os que conheço por carta e os de MSN, mas saiba, que se vc precisar estarei sempre aki, pra te ajudar no que puder e se precisar desabafar, estamos disponiveis!!!!
Te adoro!

Jack Fey disse...

Eu sei minha Lady! Vc jamais me desaponta!

Mto obrigado por tudo que faz por mim!

e eu tbm te adoro muito!!!!!!!!!!!!!!

Bjão

Anônimo disse...

Esse texto, tem tudo a ver comigo...é realmente uma realidade...ficou simplesmente lindo...e o soneto então, não preciso nem elogiar neh????Registrarei em meu nome...kkkkkkkkkkk...

Parabéns Poeta!


bjs Paulinha...

Gui disse...

Olá! Muito bom o post, descobri por acaso e realmente me atingiu com frases que eu precisava escutar!

Boa sorte, companheiro escritor!

Jack Fey disse...

Fico feliz Gui em poder ajudar com minhas palavras!

É uma satisfação enorme qdo alguem fala de suas escritas!

grande Abraço e nos visite sempre
seja bem vindo!

Anônimo disse...

Achei muito profundo o que escreveu, espero que eu possa ser uma dessas pessoas que msm com a distancia vc possa me sentir, creio q pelo menos por uns tres anos foi assim, pois comigo foi dessa forma, em muitas de suas palavras vejo a verdade, umas ainda nao compreendo, mas enquanto tiver animo de vida procurarei te desvendar, porque tudo o que mais quero e te ter por perto, isso pode levar o que tiver de levar, pois sei que esta aqui dentro do meu ser essa vontade....
te amo muito msm


Talyene

Anônimo disse...

Gostei muito do que escreveu principalmente da parte que fala:
Tais palavras possuem valor inestimável. Podem ser simples para quem as profere, porém são de imenso valor para quem as lê.
E sei que sou uma dessas pessoas que msm com a distancia vc nao se esquece,por isso ficamos longe muito tempo e continuamos a GOSTAR tanto um do outro...
Ficou lindo !!!! parabens