sábado, 14 de novembro de 2009

Entrevistei - Banda Dissidente

Por Jack Fey

Sexta-feira 13, um dia envolvendo
muita superstição e mito. O dia do azar. Mas começo essa matéria, falando que o azar não visitou-me ontem, aliás, tive muita sorte. Pude ir a um ensaio da banda Dissidente, que ´fará um show excepcional hoje às 22h50min, na UFU (Universidade Federal de Uberlândia, em Uberlândia - MG).

Por volta das 14h25min, cheguei à Unimusic - Escola Tecnológica/ Estúdio para apreciar um ensaio da
banda Dissidente. O ensaio estava marcado para as 15h00min, então, pude bater um papo com o produtor e baixista Rafael Vazz.
Estava a espera quando ouvi trechos de musicas que ele mixava. Fui saber sobre a banda e descobri que se tratava do projeto A Season in Hell (nome provisório) que deverá ser lançado somnte no ano que vem voltado para a indústria internacional. O lançamento, segundo Vazz, poderá ser feito, possivelmente, em Nova York.
Composta por Rafael Vazz (baixo e vocais), Rodrigo Nepomuceno (guitarra e programação), William Gui
marães (vocal), Thiago Oliveira (Guitarra) e Andre Luis (Bateria), o projeto é bastante inovador.
Garanto a você, que jamais ouviu algo parecido. Imagine um mix de Faith No More, alice In Chains, Syste
m of a Down, Beastie Boys e uma orquestra em uma só música. Não consegue imaginar? Mas existe e é sob diversas influências de vários, como Trip Hop que esta banda trabalha.
O intuito principal da banda, segundo Vazz, é mostrar as referências pessoais de cada um, como por exemplo, sua própria referência ao Radiohead.
A Season in Hell, é um projeto
inspirado na obra homônima do escritor francês Arthur Rimbaud feita em 1873 e que promete ser um ótimo cardápio para quem gosta de músicas inovadoras. Simplesmente arrasador. Fica aqui o agradecimento a Rafael Vazz, por ceder aos meus ouvidos tais canções maravilhosas. Obrigado e sucesso!

Bom, não tardou muito e a banda chegou. Super educados e bem humorados, a banda me recebeu de braços abertos e fui muito bem acolhido. Acredito que sem humildade o artista não cresce. E se tratando de humildade a banda possui de sobra. Primeiro vamos aos integrantes da banda Dissidente:

Bibi Serafim (guitarra e poesia)


Diano (vocal e po
esia)


Bruno Bastos (baixo)


Bilok (bateria)


Rui Carlo (guitarra e voz)

Conversei um pouco com os integrantes, que foram muito amistosos e falamos até possivelmente sobre parcerias quanto a design gráfico, que para quem não sabe, tenho certos talentos nesta área.
Fomos então para o estúdio, lugar em que eles tocaram o repertório do show que
irá acontecer hoje à noite. Devo dizer que são bem profissionais e levam o ensaio a sério. Claro que se descontraem durante o período, mas cronometram o ensaio para que o show seja feito de maneira satisfatória e dentro do prazo certo.
Dissidente é uma banda de Rock'n Roll, que possui diversas influências, o que deixam o
som com qualidade impecável. Misturam melodias bem trabalhadas, com riffs e solos muito bem feitos e harmoniosos, com letras que retratam a sociedade atual, se contrapondo a ela.
Mas o diferencial da banda está na forma de pe
nsar dos integrantes. Eles mesmos sabem que estão se contrapondo a algo a que estão inseridos e não negam isso. Essa maneira de pensar e agir, torna a banda tão interessante que você se apega ainda mais às letras e poesias que são declamadas durante o show, que possui performances envolvendo o conteúdo das mesmas.
Se você se coloca contra algo a que está sendo inserido, você está tentando melhorar aquilo sem se excluir do todo. E é essa a personalidade da banda, o que é raro para bandas atuais, o mito chamado personalidade. Mas como mencionei, isso nao falta para a banda em questão.
Sem medo que seu som e
suas letras sejam criticados, eles prosseguem suas carreiras se contrapondo sem cessar, através de muito esforço e dedicação.
Não podemos pensar, que pelo fato de se tratar de uma banda independente, eles são amadores. Pelo contrário, não é o selo de uma gravadora de grande porte que torna uma banda realmente profissional, mas sim a dedicação e o trabalho envolvido no processo.
Os componentes ensaiam diversas vezes, por exemplo, houveram dois ensaios nesta semana e ain
da estudam individualmente. É claro que ainda devem possuir tempo para cumprirem suas obrigações pessoais.
são bastante profissionais e merecem uma carreira de sucesso.
depois de passar todo o repertório decidiram dar uma pausa e eu pude conversar mais com os integrantes e di
zer minhas opiniões de fã para a banda.
O CD de estréia deles, À Deriva, está disponibilizado no formato virtual, para download gratuito no site Valvulado (link)


Apresento-les, então, esta obra maravilhosa:


Faixas:

01. Intro... Ponte em des/construção
02. Lágrimas ácidas
03. Loucura Engatilhada
04. Boicote Nacional
05. Impureza Divina
06. Meninos ou Meninas?
07. Lady Lama
08. Certa Justiça/ Triste Vingança
09. Falso Moralista
10. Sobre a Moda
11. Martírio da Flor/ I - Poesia
12. Martírio da Flor/ II - Música
13. In Pânico
14. O Amanhã...

Devo lhes dizer, que dentre todas estas belíssimas faixas, minha favorita é Lágrimas Ácidas, que através de Gabriel Serafim, pude ouví-la na segunda parte do ensaio, pois ele sabia que era a que eu mais gostava dentre todas do cd.
Para mim foi a melhor parte do ensaio, pois me senti deveras lisongeado e demasiadamente valorizado ali dentro. Não é toda banda que gosta de um blogueiro nos seus encalços. Por isso digo que a Dissidente merece todo o apoio que o blog ArtRockNerdCandies puder oferecer. E estaremos à disposição deles para o que precisarem.
No fim do ensaio, cederam uma bate papo comigo, que vocês podem conferir na íntegra no vídeo abaixo! Apreciem:



Não pensem que o papo se encerra por aqui. Ainda teremos outra entrevista com a banda. Então fiquem atentos, pois logo logo teremos novidades da banda para vocês.
Recomendo-les baixarem o CD e conferir o talento que estes caras possuem. Talvez eles toquem em suas cidades e vocês já estarão prontos pra cantarem juntos as músicas maravilhosas que eles possuem!

Deixo meu agradecimento para a banda Dissidente e obrigado pela boa acolhida.
Meus agradecimentos também para Rafael Vazz.

Sucesso a todos, é o que lhes desejo!

Espero que tenham gostado dsta matéria.

Assim disse Jack fey...

4 comentários:

Mari disse...

Eles são demais! Já sou fã da banda :D

A matéria ficou muito boa, parabéns!

Jack Fey disse...

Obrigado Mari pelo apoio!

E concordo com você, a banda é demais.

fique atenta que em breve teremos outra entrevista com eles.

agradeço novamente!

assim disse Jack fey...

diano disse...

Cara... Sensacional!
Você é um cara muito talentoso e fico muito feliz com a nossa parceria. Estamos juntos nessa reta!
Ficou muito proficional! Ótimo!
Parabéns de verdade e muito obrigado pelo apoio!

Abraço e tudo de bom pra vc´s
O blog é muito massa!
Vou divulgá - lo.

Jack Fey disse...

Valew Diano!

Conto com nossa parceria

Vamos longe juntos

abraços